Como evitar os 10 maiores motivos de rejeições de aplicativos na App Store

Uma das maiores frustrações para desenvolvedores e clientes é quando o aplicativo submetido à App Store é rejeitado durante o processo de aprovação da Apple antes de ficar disponível na loja. Não é segredo que as famosas Guidelines da App Store da Apple são muito específicas. A Apple tem uma visão bem específica do que eles vão permitir em suas lojas, então, é necessário sabermos as regras deles antes mesmo de construirmos nosso aplicativo. Se você não sabe, você deve acabar gastando seu tempo fazendo algo que a Apple não vai aceitar na App Store. Neste artigo, eu listo os 10 maiores motivos de rejeições de aplicativos na App Store e como evita-los.

Top 10 motivos de rejeições de aplicativos na App Store

A seguir, e de acordo com a página da apple, as top 10 razões de rejeições de aplicativos na apple dentro de um período de 7 dias que foi até o dia 10 de Junho de 2016:

TOP 1 (15%) – Mais informações são necessárias

Forneça todos os detalhes de informações necessárias para a avaliação do seu aplicativo na seção App Review Information do iTunes Connect. Se alguma funcionalidade requer login, forneça uma conta de testes(demo) com usuário e senha válidos. Se é necessário alguma configuração especial, você deve incluir as especificações. Se alguma funcionalidade requer um ambiente que é difícil de replicar ou requer hardware específico, esteja preparado para fornecer um vídeo de demonstração ou o hardware necessário. É importante também ter suas informações de contatos completas e atualizadas.

TOP 2 (15%) – Regra 2.2: Aplicativos que apresentam bugs vão ser rejeitados

Você deve submeter seu aplicativo para avaliação somente quando ele estiver completo e pronto para ser publicado na loja. Certifique-se de realizar bastante testes do seu aplicativo e concertar todos os bugs antes de enviar para a Apple.

TOP 3 (6%) – Regra 22.2: Aplicativos que apresentam bugs vão ser rejeitados

Aplicativos que contêm declarações falsas, fraudulentas ou enganosas ou mesmo usam nomes ou ícones similares a outros aplicativos serão rejeitadas.

TOP 4 (5%) – Regra 3.4: O Nome do aplicativo no iTunes Connect e o mostrado no dispositivo devem ser similar

TOP 5 (5%) – Regra 10.6: Se a sua interface de usuário é muito complexa ou menos do que muito boa, pode ser rejeitado

A Apple e os seus clientes colocam dão muito valor a simples, sofisticadas, criativas e bem elaboradas interfaces. Segundo a apple, elas dão mais trabalho, mas valem a pena. A Apple define um patamar elevado quanto a isso.

TOP 6 (4%) – Regra 4.5: Aplicativos que usam localização em plano de fundo tem que prover um motivo que esclareça o uso

Aplicativos que usam localização em plano de fundo(mesmo quando o aplicativo não está sendo utilizado) tem que prover um motivo que esclareça o uso, utilizando os mecanismos descritos na Human Interface Guidelines.

TOP 7 (4%) – Regra 2.1: Aplicativos que falham(crash) serão rejeitados

Certifique-se de realizar bastante testes do seu aplicativo para evitar que ocorram falhas (crashes) inesperadas.

TOP 8 (3%) – Não está em conformidade com os termos do Contrato de Licença de Programa de Desenvolvedor da Apple (Apple Developer Program License Agreement)

Aqui onde você pode encontrar todos os termos: https://developer.apple.com/terms/

TOP 9 (3%) – Regra 3.3: Aplicativos com nomes, descrições ou imagens não relevantes para o conteúdo e funcionalidade do aplicativo serão rejeitado

TOP 10 (3%) – Regra 2.16: Aplicativos multitarefas só podem utilizar serviços em plano de fundo para os efeitos pretendidos

Efeitos como chamadas VoIP, reprodução de áudio, localização, a conclusão da tarefa, notificações locais, etc.

Top 10 motivos para rejeições de aplicativos na App Store em 2016

Como se vê, a Apple leva bem a sério a questão da qualidade e da veracidade das informações fornecidas pelos desenvolvedores. Então se você que evitar rejeições de aplicativos na App Store é importante que você siga as Guidelines.